Quem anuncia vende mais!!!

Quem anuncia vende mais!!!
Quem anuncia vende mais!!!: entre em contado pelo E-mail : Blogagrestemix@gmail.com

terça-feira, 23 de maio de 2017

Pernambuco fortalece os gritos de "Fora Temer! e Diretas Já!"

O momento conjuntural de grave crise política está exigindo uma mobilização nacional, e os  movimentos Sindical e Social, como sempre, não fugirão à luta. Em um processo de articulação conjunta, nesta quarta-feira (24), as ruas de Brasília serão ocupadas pelo povo brasileiro, em defesa de eleições diretas para a Presidência da República, pelo “Fora Temer”, e contra as reformas da Previdência e Trabalhista.  A Fetape (Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco) e a Fetaepe (Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais) estão orientando os seus Sindicatos a também realizarem ações em nível de município ou Polo Sindical, promovendo atividades de esclarecimento à classe trabalhadora, sobre atual situação do país, por meio de programas de rádio, redes sociais, caminhadas, visitas às comunidades, entre outras. Tudo isso, sempre buscando o envolvimento de parceiros locais, porque “juntos/as somos mais fortes”.
Esse estado permanente de mobilização deve ocorre porque, além das constantes ameaças aos direitos dos/as trabalhadores/as, por parte do Governo Federal e do Congresso Nacional, o presidente golpista Michel Temer foi flagrado em gravações que revelam um esquema de corrupção. Apesar disso, ele afirma que não se afastará do cargo, em mais uma demonstração de desrespeito à sociedade brasileira.  E, para completar, mesmo diante desse cenário, seus aliados, visando mostrar que essas denúncias não estão mexendo com a vida da Câmara e do Senado, ameaçam dar continuidade ao processo das reformas. 
O chamado para a mobilização de amanhã, em Brasília, vem da CUT e demais Centrais Sindicais, juntamente com a Frente Povo Sem Medo e Frente Brasil Popular. A expectativa é reunir mais de 100 mil participantes de todo o país. Uma caravana saiu de Pernambuco, na manhã de ontem, e deve se juntar aos integrantes de outros estados, que montam acampamento, já a partir de hoje à noite, no estádio Mané Garrincha. A concentração amanhã, está marcada para as 14h, com a marcha começando às 17h, culminando em um grande ato na Praça dos Três Poderes às 18h30.
“Não podemos aceitar que Temer continue no poder, como se tivesse legitimidade para isso. Vamos defender as diretas já! Em Brasília, a Contag nos representará, mostrando a força do campo, mas, aqui no estado, também estaremos unidos para gritar ‘Fora Temer’! Toda a sociedade precisa acordar para a gravidade do momento. A história lembrará os que estão na luta, mas não deixará de registrar os omissos, os que estão cruzando os braços, mesmo vendo o nosso país perder, em meses,  o que demorou séculos para conquistar”, afirma o presidente da Fetape, Doriel Barros.
 Para o presidente da Fetaepe, Gilvan José Antunis, “os trabalhadores e trabalhadoras precisam estar unidos, pois são as maiores vítimas de todo esse desmonte que estão promovendo no Brasil. Nossos Sindicatos têm um papel importante neste momento. Não vamos sossegar um só minuto, enquanto os direitos dos homens e mulheres do campo estiverem ameaçados”.
Submédio São Francisco – Unidos à Diocese de Floreta e ao Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) daquele município, os STTRs do Polo Sindical do Submédio São Francisco, a Fetape e um conjunto de parceiros locais participarão, amanhã, de um grande ato pelo “Fora Temer!”, por Diretas Já! e contra as Reformas. A concentração será às 7h30, na entrada da cidade de Floresta e a caminhada ocorrerá pelas principais ruas. Falas políticas, músicas, faixas e cartazes devem levar à população a informação sobre o que está em jogo neste momento tão delicado da vida do país.

Além de vários Sindicatos estarem reforçando essas pautas em suas ações, que já estavam agendadas para o dia de amanhã, atividades específicas estão previstas também para os municípios de Santa Cruz da Baixa Verde e São José do Belmonte, no Sertão Central; e Surubim, no Agreste Setentrional. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário